Rainbow News – Balada das Duas Mocinhas de Botafogo

Balada-das-duas-mocinhas-de-Botafogo_03

Hoje estava passando os olhos nas estréias da semana no Rio Show quando, por acaso, verifiquei a sessão de Extras (o que eu nunca faço), e lá vi que o Curta Petrobras às 6 vai exibir essa semana o curta Balada das Duas Mocinhas de Botafogo (2006), de Fernando Valle e João Caetano Feyer, baseado no conto homônimo de Vinícius de Moraes. Para aqueles que podem se deslocar até o Rio Design Barra, a sessão é gratuita, rola até o dia 16 de Junho, sempre as 18hrs. Como sou boazinha, e sei que a Barra é nossa Far Far Away Land, vou divulgar o link onde você encontra o filme no Porta Curtas (clique aqui).

A pergunta que não quer calar: E o que raios isso tem de “arco-íris”? Bom, quem já leu o poema sabe que conta a história de duas irmãs, Marília e Marina, que vivem somente com sua mãe, que não dá a atenção e carinho que as meninas precisam. Elas então começam a vida cedo, e segundo o autor “(…) Eram tão desprotegidas/ E por total abandono/ Davam mais do que galinhas (…)”. Em meio a tanta solidão e promiscuidade, as irmãs entendem que só tem uma a outra e por isso se amam… de todas as formas.

O poema serviu de inspiração para o longa-metragem Marília e Marina (1976), dirigido por Luiz Fernando Goulart. Infelizmente o acesso a esse filme é pequeno, e nem eu, que dirigi junto a meu Wicked Twin um filme sobre temática gay no cinema brasileiro, consegui assistir. Então fica difícil recomendar ou não. E “deus” sabe o quanto eu e o gêmeo temos medo de recomendar filmes tupiniquins que abordam o assunto… Me-do.

Fica a dica então pra quem puder e quiser avaliar o curta Balada das Duas Mocinhas de Botafogo, vencedor do Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro 2006, realizado pela Petrobras.

Até a próxima!

2 respostas a Rainbow News – Balada das Duas Mocinhas de Botafogo

  1. Su diz:

    Deus entre aspas foi ótimo, rs.

  2. Allan diz:

    Rafa minha querida, vi esse filme num cineclube LGBT no Odeon e te adianto que gostei muito, mas acredito que vc já o tenha visto a essa altura.

    É um pouco cru-amargo-forte-pesado-triste, mas flui bem.

    Bjs bjs bjs,
    Allan

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: