Top 5 – Sex Scenes

Esse blog parece que realmente só engata nas quartas-feiras, rs. Talvez devêssemos pensar em trocar de Wicked Twins pra Top 5 e tentar fazer um top 5 por dia. Ok ok, péssima idéia! Até porque a gente já sofre pra decidir um tema por semana e segundo o outro twin, fazer top 5 é o equivalente a um dia de trabalho perdido. Sem mais delongas (nossa, tirei essa do baú agora), vamos ao top 5 dessa semana, dica de uma querida leitora e super fã do nosso blog: Top 5 Sex Scenes! Meio perv essa escolha dela não? Mas vou dizer que essa tava na manga ha um tempo, rs. Tanto que foi MUITO difícil pra mim montar esse top 5. Foram escolhas dificílimas, e estou até agora com peso na consciência por ter deixado tantas cenas quentíssimas, e as vezes nem tão fofas, de fora da minha listinha. Como estou tentando parar com as menções especiais, que segundo essa mesma leitora, é como trapacear no próprio Top 5, tentarei me ater aos escolhidos. Snif!

Pra começar o Top 5, escolhi um solitário representante dos tantos filmes da Catherine Breillat, afinal ela é A diretora que vem a mente quando se fala em sexo no cinema. Talvez mais que qualquer outro diretor(a). Com vocês, nosso quinto lugar de hoje:

5. Tomas e Alice em Brève Traversée (2001)

brief crossing

Esse filme é meu preferido da Breillat: conta a história do jovem Thomas, que em uma viagem de barco conhece uma mulher mais velha chamada Alice. A princípio interpretamos Alice como sendo uma mulher machucada da vida amorosa, enquanto Thomas tenta bancar o jovem galante sedutor. Eu não vou contar o final do filme, mas só posso dizer que é devastador! Acho que é o melhor filme sobre perda da inocência que eu já vi, mas posso estar exagerando aqui (afinal, Bastard out of Carolina, de 1996, é hors concours nesse quesito). A cena de sexo é crua e intensa. É desajeitada mas extremamente erótica. E os atores são excelentes, principalmente a Sarah Pratt, como Alice. Tentei achar a cena no Youtube, mas nem trailer do filme tem, que dirá a cena em si. Mas vale a pena… acredite! rs

4. Leila e David em Deite Comigo (2005)

LLS_LieWithMe_09

Esse filme foi um marco de Festival do Rio pra mim porque eu estava namorando na época e fiquei super empolgada com o prospecto erótico do filme. Pro meu azar uma mal-comida conservadora tava do meu lado o tempo inteiro bufando toda vez que alguma interação sexual começava, e acho que pelo menos na primeira uma hora de filme, 40 minutos são só de sexo! Hahaha. Graças a deus, a mulher teve a luz de se retirar do cinema. Quase aplaudi! Isso porque ela ficava querendo que eu concordasse com ela, quando tudo que eu queria era mandar ela calar a boca! rs Das três cenas de sexo principais, se eu tivesse que escolher uma, escolheria a cena em que o Eric Balfour (gostouso! – de Six Feet Under e Buffy) pega a Lauren Lee Smith (gostousa! – de L Word) por trás, depois que fica com ciúmes de vê-la dançando como uma piranha com dois outros caras. Intensa a cena. E sem pudores. Aplausos pro Clément Virgo, diretor do filme, pela audácia. Também não tem a cena no YouTube, nem no Daily Motion… Só tem daqueles vídeos toscos com músicas mais toscas ainda…

3. Víctor e Elena em Carne Trêmula (1997)

carnetremula6[3]

Pra mim, o melhor filme do Almodóvar! E foi nesse filme que eu descobri quem era Francesca Neri (Elena)… Deus, que mulher sensacional. Belíssima! Estilo beleza clássica que eu só ia ver anos depois com a Eva Green de Os Sonhadores (que ficou de fora da listinha! Uma pena.. Amo a cena da cozinha quando a Isabelle perde a virgindade). Voltando pro filme, a história é uma reviravolta amorosa onde Elena parece só sentir desprezo pelo “garoto”, até esse momento, o momento em que ela esquece seu matrimônio e se entrega a um Víctor mais maduro, mais experiente (inclusive sexualmente, já que andou tendo aulas com a personagem de Ângela Molina) e tem uma noite de absoluto prazer. A cena é de cair o queixo, e essa sim encontrei pra quem nunca tiver visto (absurdo!):

2. Brandon e Lana em Meninos Não Choram (1999)

boys don't cry

Meu reprensentante gay desse top 5. Eu sei, pouco né? Queria muito, mas muito mesmo, ter encaixado a cena de Mulholland Dr, mas não rolou. Eu fiquei impressionadíssima com esse filme, não só pelo teor violento, mas pelas interpretações tão fantásticas desse elenco, que na época, era tão desconhecido pra mim (Hilary Swank, Chlöe Sevigny e Peter Sasgaard, os dois últimos que até hoje amo de paixão). E é na interação de Brandon e Lana que nasce o erotismo tão inocente do filme. A cena em que a personagem de Swank vai até o trabalho de Lana é incrível, e como gerou polêmica. Foi devido a expressão de prazer no rosto de Lana, seguido pela limpadinha de queixo de Brandon, que o filme ganhou a classificação americana de NC-17 (pra quem quiser saber mais a respeito, assistir ao filme This Movie Is Not Yet Rated, 2006). A excelência da cena está no fato dela ser muito bem justificada dentro do filme, nada nada gratuita. É ali que você percebe a interação das duas, o conforto sexual de Brandon como homem e a grande desoberta de Lana, que não afeta em nada a evolução do relacionamento das duas, o que se confirma no final do filme, depois que os “amigos” expõe o segredo de Brandon/Teena. Também não encontrei a cena no YouTube, só um bendito clipe com a música de You Must Love Me da Madonna… Ninguém merece, eu sei.

1. Tom Stall e Edie Stall em Marcas da Violência (2005)

history-of-violence-1

Medalha de ouro pro casal Stall! Isso mesmo, casados e com filhos, eles ainda conseguiram barrar todos os outros da minha lista. Tudo isso porque essa cena é incrivelmente erótica: dá friozinho na barriga, arrepia os cabelos da nuca, e você lambe os lábios sem nem perceber. Exato, it’s THAT good! O filme também trabalha bem com as cenas de sexo, nada é gratuito. A primeira, antes do passado de Tom ressurgir, consiste num 69 muito fofinho entre o papai e a mamãe em questão. No entanto é da segunda cena que estou falando, óbvio (rs). Depois que Edie entende que se apaixonou, casou e teve filhos com um “estranho”, e que o mesmo tem um passado assustador involvendo mortes e violência pra dar e vender, ela surta. Depois de mentir para o policial sobre o passado de Tom ela começa a se retirar para o quarto, subindo as escadas, e Tom tenta agradecer mas recebe um belo de um tapa. É nesse momento que começa a tensão entre os dois. Em outras palavras: sexo s-e-l-v-a-g-e-m, do tipo que  acaba com ela chorando na cama, nua, revelando as costas repleta de hematomas deixados pelo fuc(k)-fuc(k) na escada. E sim, consegui a cena no YouTube pra comprovar o que estou falando. Medalha de ouro pra Maria Bello (Bella né?) e pro Viggo Mortensen.

***

That’s all folks!

6 respostas a Top 5 – Sex Scenes

  1. ftostes diz:

    Eu JURAVA que não íamos ter nenhum em comum, e eis que Marcas da Violência bateu. Adorei seu top 5, mas ainda não conheço o nº 4 e 5. preciso me redimir com isso.

    Eu achei um top injusto. Vc já fez um TOP 100 disso antes, dvds e afins, e eu nunca tive um second thought about it.

    Mas ainda assim me diverti tentando lembrar das cenas de sexo dos filmes. Fiquei triste de deixar Boogie Nights de fora, e Sonhadores, e não ter posto nada do Almodovar, mas que bom que nisso vc me redimiu.

    Agora é tentar postar sem ser tops! rsrs

  2. Ui, Boogie Nights tem uma cena ótima do Mark Walberg com a Julianne Moore. rsrs
    Mas exatamente por eu ter tantos filmes em mente nesse quesito que é mais difícil ainda fazer um top 5😛

    Damn

  3. rafaeladias diz:

    Aí Zuzu, em sua homenagem… Passou longe do meu top 5, mas pertinho do meu coração (hauhauhauhauha).

  4. Su diz:

    Acho que a segunda cena de sexo da Hilary Swank e da Chlöe Sevigny me marcou mais que a primeira. De qualquer forma, a cena é ótima. Não lembro de cenas de sexo “lésbico” tão intensas quanto essas.

    Faltou Mulholland Dr.!

    Eu devia ter sugerido cenas de sexo LGBT, rs.

    PS: Achei que fosse a cena em que ela paga peitinho! Cadê essa?

  5. Essa é melhor do que ela pagando peitinho… ahmmm.. espera, deixa eu pensar.

    (fumaça)

  6. Su diz:

    difícil de bater esse.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: