Críticas – Estranhos no Paraíso (Quadrinhos)

sip

Eu tenho que admitir que adoro histórias em quadrinhos, mas não tenho o hábito de acompanhar muitas fielmente não. Adoraria, mas é uma boa grana e eu não sei nem por onde começar. O que eu sei é que existem dois quadrinhos americanos da qual sou fã e tenho a coleção completa. Um deles sendo Watchmen, que teve sua versão para cinema esse ano, e o outro se chama Estranhos no Paraíso (Strangers in Paradise). É sobre essa história que vou fazer uma pequena resenha (ai, que sério esse tom… Vou ver o que posso fazer pra melhorar isso, rs).

sip_trio_200Na verdade eu tenho que agradecer a minha melhor amiga Tamara por ter insistido em me mostrar a série do Terry Moore. Eu achava que tinha tudo pra ser bobinha e infantil, mas não podia estar mais enganada. A história se baseia na na relação de duas amigas e aqueles que estão em suas vidas: Katina “Katchoo” Choovansky e Helen Francine Peters, embora todo mundo só as chame de Katchoo e Francine. A primeira foi a adolescente que sofreu abusos em casa e fugiu para se tornar prostituta de luxo, num organização psycho na California. Além de todo o passado conturbado a única coisa boa que ela guarda desde os tempos de colégio foi a amizade intensa com a Francine, por quem Katchoo é abertamente apaixonada. Já Francine é a típica “fofinha” (no sentido de gente acima do peso que é paranóica com a balança e tem uma relação amor e ódio com a comida e seu corpo), com uma vida certinha, e uma família conservadora (pelo menos é o que aparenta). Ela também ama a amiga, mas acha que não da mesma maneira, então vive se envolvendo com os maiores cafajestes, incluindo o Sr Freddy Femur, personagem recorrente dos quadrinhos.

volume03issue60

Além das duas amigas, outros personagens vão ficando cada vez mais importantes, como é o caso de David Qin, que é apaixonado por Katchoo e acaba balançando os sentimentos dela um pouco, e formando um triângulo amoroso com as protagonistas. Outras duas figuraças são Casey Bullocks-Femur e a mãe da Francine. Tá, eu vou parar de contar coisas da história porque é looooonga e tem muita “mitologia”. Quem teve a curiosidade despertada por procurar os livros no Amazon ou qualquer outra livraria que importe. A série Estranhos no Paraíso chegou a ser publicada em parte no Brasil, mas não foi muito longe. Acho que o mercado pra esse tipo de quadrinho no país não é muito forte.

SiP1

Eu sinto muito falta de ler coisas novas das meninas, mas também fiquei mais do que satisfeita com a maneira como o quadrinho terminou, então não posso reclamar não. Sem contar que ficou muito tempo em publicação, na maior parte completamente independente, sem uma editora de nome por trás. Clap clap pro Terry Moore, que mesmo com toda dificuldade conseguiu produzir uma série de tanto sucesso.

Recentemente um outro quadrinho do TM foi comprado pras telonas, então quem sabe não teremos a versão “live action” (rs) dessas figuras tão interessantes.

O site oficial do SiP é: http://www.strangersinparadise.com

Até a próxima!

5 respostas a Críticas – Estranhos no Paraíso (Quadrinhos)

  1. Susana diz:

    Olha s’o, o fil de teletubie (?) roxo de bolsinha ‘e demais at’e pra ele, rs.

  2. Fil diz:

    Zuzu com inveja da minha bolsa masculina! Humpf!

    Vc tinha me conquistado pra ler, ateh aparecer a foto da menina semi-nua. Ent’ao, me perdeu completamente. N leio essas indecencias. rsrs

  3. Huhauhauhauhauhauhauhauha. É, não lê indescencia não.. Sei sei!😛

    E você tá parecendo o Joey (Friends) e sua bolsa máscula! rs

  4. Su diz:

    Eu tava defendendo a sua hombridade, chefe! Achei que o Tinky Winky fosse uma brincadeira da wicked sis, rs. E aqui ó, eu tenho uma bolsa roxa muito mais bonita que a sua bolsa me-engana-que-eu-gosto-masculina, tá? Humpf! Como eu não guardo rancor, vc pode pegar emprestada quando for saudar o bebê sol ou quando for brincar de troca-troca com o Po, ok? rsrs

  5. “quando for saudar o bebê sol ou quando for brincar de troca-troca com o Po”

    Alguém ai se entregou hein? É fã e não nega! hauhauhauhauha

    Eu só no WTF is she talking about?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: