Crítica – Anticristo (Antichrist, 2009)

antichristSem dúvida alguma esse é o filme mais polêmico do ano (até agora), e ontem quando fui assistir já imaginava que ia passar por uma experiência única. E vou dizer, achei algumas partes “doidas”? Sim. Achei o filme sem sentido algum? Claro que não. Pra mim o filme fez muito sentido, não foi nada sem pé nem cabeça, e me deixou com medo como ha muito tempo eu não sentia, provavelmente desde 1999 quando vi A Bruxa de Blair (The Blair Witch Project) no cinema. E falo sério… Cheguei a sonhar essa noite com a Charlotte Gainsbourg, e não, nem foi o estilo prazeroso Top 5 mulheres francesas dos dias atuais (ref. ao post inaugural deste blog).

O filme conta a história de um casal que perde um filho num aparente incidente muito infeliz, e depois tem problemas ao enfrentar o luto. Principalmente a personagem da mãe, vivida pela Charlotte Gainsbourg (prêmio de melhor atriz no último Festival de Cannes e, por enquanto, merecidíssimo), que passa a ser tratada pelo marido/terapeuta, na pele do sempre excelente Willem Dafoe. Para que a mulher enfrente seus medos, eles se refugiam numa cabana na floresta e ai que a natureza se desloca para o primeiro plano do filme, no papel da insanidade e da morte, do instrumento do demo, ou algo parecido.

Eu gosto do tom que o diretor Lars Von Trier escolheu para o filme. A idéia de separar por capítulos me agrada desde Dogville, e cria uma unidade ao desenvolvimento “desenfreado” do filme.

(spoilers a seguir)

As cenas mais comentadas pela internet involviam uma raposa falante e a mutilação da genitália. A primeira não é nada demais e está completamente enquadrada ao momento do filme, então vamos parar de picuinha ok? Quanto a segunda cena, é bi-za-rro. Muito forte e gráfica, mas tudo que eu pensava era “duvido que essa tesoura velha ia estar assim tão afiada”, rs. Novamente, por mais violenta e explícita que a sena seja (desculpa, fui alfabetizada em inglês, rs), está dentro do contexto e acrescenta ao filme.

Na minha compreensão, a personagem da mãe acabou sofrendo demais porque já era uma pessoa extremamente depressiva e tinha muitos problemas emocionais, como a relação que tinha com o filho. Apesar de todo o amor, podemos entender no final do filme que ela tinha um certo sadismo com o mesmo, coisa que a assustava e provocava repulsa, a ponto de esconder isso do marido por medo de que este a abandonasse.

Um grande filme de terror, de um grande mestre do cinema. Se é o melhor diretor do mundo? Nheh, né pra tanto não. Mas que é um dos grandes, e vai deixar sua marca… certamente!

Nota = 8,0

3 respostas a Crítica – Anticristo (Antichrist, 2009)

  1. Sista PB diz:

    Sim, é o melhor diretor do mundo! \o/\o/\o/
    Mas pqp, vou te contar…quando fui deitar, não conseguia tirar as senas (muito bom, hahaha! a la Sasha!) da cabeça, toda hora eu ouvia um barulho estranho E a minha cadeira se mexeu sozinha!!!! (a-low!)
    O filme é meio surreal e dá muito medo, e eu tinha dito hoje exatamente o que vc disse no post: não sentia um medo assim desde que vi Blair Witch Project no cinema.
    Se eu vou ver de novo?! Non sei…acho que esse é o tipo de filme que basta uma vez pra impressionar pro resto da vida. Aliás, vc viu o Bonequinho?! Diz algo como: “Não é nem que ele aplaude, mas o Bonequinho se choca.”
    I know the feeling… =p

    No mais, curti o filme e a cia!
    Amo-te!
    Beijocas =**

  2. step twin diz:

    eu ia escrever algo sobre o filme, mas PQP! ainda toh enjoado…

  3. Henrique Alqualo diz:

    Rafita,

    Ando lendo seu blog, vc ta cada vez melhor…

    love u.

    Henrique

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: