Emmy 2009 – E ai, o que achou?

emmys-awards-2009Eu particularmente achei blah, e assisti enquanto lia um livro também blah, então foi uma noite de domingo blah! Gostei da escolha do Neil Patrick Harris como apresentador. O número de entrada foi excelente, principalmente a parte do Mad Men… “Chorei de rir” (auge da noite blah)! O grande tema da noite era a “morte da TV” em favor da internet. Sinceramente, acho que a TV não acaba não, mas que a internet roubou muita coisa e deu muitas vantages, certamente. E digo isso pelas próprias séries de televisão, que assisto a todas baixando e vendo no aparelho de dvd. Mas isso porque moro no Brasil. Se eu morasse por lá, provavelmente teria uma TIVO da vida, rs.

Achei engraçado e interessante a separação da premiação por gêneros: comédia – realidade – drama. Claro que na hora do “realidade” eu fui pro banho, porque não dou a mínima, nem assisto nenhum reality show. Embora o da Kathy Griffin deva ser no mínimo engraçado, e eu gosto de ouvir o Adam Lambert (roubadasso no American Idol).

Outro momento surpresa boa foi ver a Sarah Mclachlan cantando “I will remember you” no festival dos defuntos, rs. E vou dizer, todo mundo aplaudiu Michael Jackson, Patrick Swayze, mas foi um silêncio na hora da Ferrah Fawcett… Coitada, além de morrer no mesmo dia que o MJ ainda tinha má fama entre os coleguinhas de profissão. Mas agora vamos ao que interessa, comentar os vencedores e os outros indicados (= perdedores) mais importantes:

Melhor Série Drama: Mad Men – Acho justo, porque a série é incrível mesmo e merece o devido reconhecimento. Só acho chato o bicampeonato. Acho que deveriam reconhecer outras séries também. Tava mais do que na hora de Dexter ganhar alguma coisa. Mas devo admitir que a terceira temporada foi a menos incrível, então não fiquei de raivinha não.

Melhor Ator (Drama) – Bryan Cranston (Breaking Bad) – Odiei! Pode ser que o cara seja incrível, mas eu não vejo a série, então odeio quando isso acontece! rs. E sem contar que tirando ele e o Simon Baker (The Mentalist, que eu não acho nem um pouco original) eu ficava feliz com qualquer dos outros que ganhasse, fosse o Michael C. Hall (Dexter), o John Hamm (Mad Men), o Gabriel Byrne (In Treatment) ou até o Hugh Laurie (House).

Melhor Atriz (Drama) – Glenn Close (Damages) – Essa é diva e tem direito de ganhar sempre, mesmo eu não vendo Damages. Mas vou ser sincera e admitir que estava torcendo pra Elisabeth Moss, a Peggy de Mad Men.

Melhor Ator Coad (Drama) – Michael Emerson (Lost) – Gostei. Ele é um carinha simpático, embora o personagem dele seja um saco, e essa série já deu o que tinha que dar.

Melhor Atriz Coad (Drama) – Cherry Jones (24) – Gostei: boa atriz, veio do teatro e ainda namora a Sarah Paulson desde 2003. Mandou bem, rs. Sem contar que a concorrência era pesada. Acho que eu tava torcendo pra Hope Davis.

Melhor Série de Comédia: 30 Rock – Acho que deve ser o mesmo caso do Mad Men. Eu ainda não assisto 30 Rock, mas pretendo. A Tina Fey é simplesmente genial

Melhor Ator (Comédia) – Alec Baldwin (30 Rock) – Já ganhou muita coisa, mas merece. Pra mim ou era ele ou meu queridinho Steve Carell (The Office)

Melhor Atriz (Comédia) – Toni Collette (The United States of Tara) – Surpresa a Toni ter tirado o prêmio da Tina Fey (rs), mas eu a considero uma grande atriz, então não fiquei bolada não, mesmo não assistindo essa nova série da Diablo Cody. A competição era pesada, mas acho que tava torcendo pela Mary Louise-Parker… E o que foi o bigodinho da Sarah Silverman? rsrs

Melhor Ator Coad (Comédia) – Jon Cryer (Two and a Half Men) – Sinceramente, eu não acho Two and a Half Men nada demais. E preferia bem mais o Jack McBrayer (30 Rock) ou o próprio Neil Patrick Harris (How I Met Your Mother)

Melhor Atriz Coad (Comédia) – Kristin Chenoweth (Pushing Daisies) – Adorei que ela ganhou, só senti um pouquinho de VA (vergonha alheira) porque ela chorou um pouco. E hellow? Vamos parar com a choradeira em prêmios? Não pega bem… E essa atitude não vai lhe render mais nada e me faz lembrar algumas das maiores ladras de oscar (ex: Halle Berry e Gwyneth Paltrow. As duas roubaram e se debulharam.. Cada uma merecia um bom tapa na cara). Mas a Chenoweth é uma fofa, e ainda veio de musicais da Broadway e ganhou por um dos seriados mais simpáticos dos últimos tempos: Pushing Daisies.

E pronto. Vou comentar mais nada não. Nem a Jessica Lange (quase que EU chorei no discurso dela), nem o The Daily Show levando tudo (amo o John Stewart! Merecidíssimo!).

Que venha a próxima premiação!

4 respostas a Emmy 2009 – E ai, o que achou?

  1. Marcela diz:

    I LUV Kristin Chenoweth!!!
    Ela é uma fofa!
    Eu quero ser igual a ela qdo eu “crescer”!
    Olha q ironia linda ^_^

  2. Julie diz:

    Fiquei mais ou menos satisfeita mas concordo com a Claudia Croitor do Legendado que twittou ontem à noite que deveria existir uma política onde as mesmas séries não poderiam levar os mesmo prêmios 2 anos seguintes. No final o Emmy, tirando algumas boas surpresinhas, foi a mesma coisa do ano passado…

    beijos =***

  3. Sim sim, foi o que deixou a coisa toda meio broxante. Acho que essa é a grande vantagem das premiações de filmes. É obrigatória a renovação, rs.

  4. ftostes diz:

    HUahuhauha, verdade, os filmes levam muita vantagem nesse quesito. Eu fiquei mais triste pelo Neil patrick Harris, apesar de eu ser a unica viva alma que assiste How i met your mother. Mas adorei a Kristin. E ótima, ela desempregada, levando o premio. Pushing Daisies era foooda!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: