The Divas are back – parte 1

Hoje é um bom dia para ser fã de uma diva. Qual? Não importa muito. Tem pra todos os gostos, com sucessos estrondosos de alguma década que você gostou. Tem até divas se unindo, outras atacando publicamente antigos desafetos, tem coletâneas pra finalizar contratos com gravadoras, e até ex-drogadas tentando voltar ao sucesso. As usual. Analisemos os lançamentos:

I Look to you – Whitney Houston

whitney-houston-i-look-to-you-coverWhitney foi um sucesso na década de 80 e 90. Quem não lembra de O Guarda Costas?  “I will always love you” é ícone cultural, todo mundo conhece. Seu último CD de inéditas foi em 2002 (longínquos 7 anos atrás, pra uma indústria onde as Britneys lançam 1 CD por ano antes de surtar). Na época, lembro de sair do armário ao som de Try it on my own.  Porque a Whitney é especialista em músicas “vamos sair do armário”, né? Desde então a Whitney foi drogada, quase prostituída, apanhava do marido e só saiu dessa pra dar entrevista pra Oprah. A boa notícia é que o CD novo é bom. Talvez tenha faltado A música, aquela que inspiraria toda uma nova geração. Mas seria pedir demais, né? Só dela ainda ter uma voz agradável, e não estragar tentando coisas ridículas, ou parecer que tem 18 anos e ficar rebolando em videoclipes escrotos, eu já dou um crédito pra ela. Vou ouvindo mais o CD, talvez depois eu poste uma review mais longa. Mas no momento, gosto de “I Got You”.

Clipe da música nova, bonita, e graças a Deus não uma tentativa de “Single Ladies”:

Memoirs of an Imperfect Angel – Mariah Carey

folderOk, esse nome foi uma piada, né? Imperfect Angel que se torna uma puta (Desculpa a expressão, mas eu não consigo respeitar essas pessoas… (piada interna)) a cada clipe. Esse é o meu maior problema com a Mariah. Eu gosto da voz dela, gosto de diversas músicas, os últimos 2 CDs dela jpa tinham sido muito bons e ela tem trilhado um bom caminho musicalmente. Então me diz, precisa usar shortinho camisa apertada, fazer 15 mil pessoas sofrerem pra photoshopar cada frame dos videoclipes, só porque você não reparou que já passou dos 40?? Acho isso totalmente aceitável em quem não tem uma voz, e precisam de uma muleta pra segurar a carreira. Mas não é o caso, e fica difícil perdoar. Como se não bastasse tudo, Mariah a faixa de trabalho (que é a boa “Obsessed”) pra continuar uma briga pública com o Eminem? Vai gostar de ser baixo nível! Ainda assim, “Imperfect Angel” (aspas de ironia) continua do mesmo ponto que o último CD, o “E=MC²”. Boas músicas dançantes, cada vez menos baladas românticas e uma enorme síndrome de Peter Pan. Daqui a pouco tá fazendo dueto com a Hanna Montana. É esperar pra ver.

O clipe ridículo (sim, é ela vestida de delinquente):

Uma resposta a The Divas are back – parte 1

  1. Sério, eu tb amo a voz da Mariah, e ela tem váárias clássicas, mas que virou uma vagada de 5ª categoria, ah, virou…

    Uma pena mesmo. E dá muita vergonha alheia ver os clipes dela. Portanto vou passar longe desse que você postou. Ela tinha que ter o mínimo de compaixão pelos photoshopistas, manipuladores de imagem. Pq deve ser difícil mesmo ficar tratando essa mulher.

    Quanto a Whitney ainda não ouvi o novo, mas que ela perdeu parte da voz pro pó, perdeu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: