Top 5 – Comédias românticas

Ok, esse tema definitivamente não é muito a minha cara e fica um pouco fora da minha expertise, ainda mais porque eu detesto todas as comédias românticas da Julia Roberts, da Meg Ryan, etc. E vou dizer que eu pensei um pouco em roubar (assim como o Wicked Twin) e pensar “é comédia? tem romance? então vale!”, mas não, não vou dar uma de espertinha. Acabei encontrando filmes que são queridos pra mim, alguns realmente especiais, e um até da minha trilogia de quatro filmes (rs)! Então vamos lá:

5. 10 Coisas que Odeio em Você (10 Things I Hate About You, 1999)

10thingsihateaboutu

Que gracinha foi ver o Heath (na época um novato desconhecido pra mim) cantando e dançando “I Can’t Take My Eyes Off of You” enquanto tenta conquistar sua “menina aposta” e fugir dos seguranças do colégio, porque obviamente eles ainda estão na High School de sempre. Mas o filme é uma delícia, e eu sempre chorava no final com o poema da Kat (Julia Stiles). O filme era baseado na comédia de Shakespeare, A Megera Domada, e recentemente virou uma série de TV americana, que eu não vou nem perder meu tempo assistindo… mas o filme é muito divertido. E ainda conta com um elenco que depois se mostrou promissor: Heath Legder, Joseph Gordon Levitt (que vai ter bis), Julia Stiles, e acho que para por aqui.

Quote preferida: “I hate the way you talk to me, and the way you cut your hair. I hate the way you drive my car. I hate it when you stare. I hate your big dumb combat boots, and the way you read my mind. I hate you so much it makes me sick; it even makes me rhyme. I hate it, I hate the way you’re always right. I hate it when you lie. I hate it when you make me laugh, even worse when you make me cry. I hate it when you’re not around, and the fact that you didn’t call. But mostly I hate the way I don’t hate you. Not even close, not even a little bit, not even at all”. (Kat Stratford)

4. Afinado no Amor (The Wedding Singer, 1998)

The-Wedding-Singer-adam-sandler-203860_450_309

É, não vai rolar nenhum clássico com Audrey Hepburn na minha lista porque eu sou aculturada e só vi o Sabrina dos anos 90, que é um saco. Então vou continuar com o que me comoveu romanticamente, e esse foi um desses filmes, já que não valia colocar Embriagado de Amor (Punch-Drunk Love, aquela obra prima do PTA). A química entre os protagonistas, interpretados por Adam Sandler e Drew Barrymore, era esquisitóide o suficiente pra me fazer simpatizar com os personagens. E eu simplesmente adorava o Adam Sandler putão estragando a festinha alheia depois do pé na bunda que levou da ex. Quem nunca sonhou em fazer isso?

Quote preferida: “You love her/ but she loves him/ but he loves somebody else/ you just can win/ and so it goes until the day you die/ this thing called love is going to make you cry. I hate you/ I’ve had the blues the reds and the pinks/ One thing’s for sure.” (Robbie cantando)

3. Jeux D’Enfants (2003)

jeux3

Muito antes de serem um casal pop na França, Marion Cotillard (vencedora do Oscar por Piaf) e Guillaume Canet eram simplesmente atores contracenando numa nada convencial comédia romantica, que acho que nunca saiu no Brasil. E se saiu nunca vi, e não faço nem idéia do nome (em inglês ficou Love Me If You Dare), mas o que importa é que esse filme cativa pela criatividade, e por trazer a infância e os sonhos pro mundo adulto. Sophie e Julien são inseparáveis desde o colégio, quando eram bem novinhos, e desde então começam o jogo, que só tem graça pra eles e que dá rumo ao roteiro do filme. Pra quem nunca ouviu falar e ficou curioso, tem pra baixar por ai… Se estiver complicado pra achar, let me know. Eu ajudo.

Quote preferida: “Sophie was back in the game! Pure, raw, explosive pleasure! Better than drugs, better than smack! Better than a dope-coke-crack-fix-shit-shoot-sniff-ganja-marijuana-blotter-acid-ecstasy! Better than sex, head, 69, orgies, masturbation, tantrism, Kama Sutra or Thai doggy-style! Better than banana milkshakes! Better than George Lucas’s trilogy, the muppets and 2001! Better than Emma Peel, Marilyn, Lara Croft and Cindy Crawford’s beauty mark! Better than the B-side to Abbey Road, Jimmy Hendrix and the first man on the moon! Space Mountain, Santa Claus, Bill Gates’ fortune, the Dalai Lama, Lazarus raised from the dead! Schwarzenegger’s testosterone shots, Pam Anderson’s lips! Woodstock, raves… Better than Sade, Rimbaud, Morrison and Castaneda! Better than freedom, better than life!” (Julien)

2. Livrando a Cara (Saving Face, 2004)

Saving Face - Meeting her fence (350w)

Não só um dos melhores filmes lés, Saving Face é digno de top 5 de tudo quanto é gênero. É simples, sincero, fofo, engraçado, e sonhador… adouro! Wil é filha de chineses conservadores que vivem em NY e se fecham no ciclo de chineses, com suas festinhas chinesas, comida chinesa, e que só falam chines. E é dentro desse meio que ela conhece a dançarina Vivian, também filha de chineses, mas que tem uma postura muito mais liberal e assume sua homossexualidade com muito mais tranquilidade e naturalidade. O choque maior começa quando a mãe de Wil engravida de um desconhecido e resolve morar com a filha. Fiquei com vontade de reassistir!

Quote preferida: “One night without Chinese food isn’t gonna kill her”. (hahaha, perdoem a falta de criatividade, acabou o expediente e to aqui só escrevendo esse post”)

1. 500 Dias com Ela (500 Days of Summer, 2009)

photo_06_hires

O filme que me destruiu em mil pedacinhos nesse Festival do Rio e tem estreia marcada pra sexta agora. Ganhou o ouro porque além de ser a minha cara, mostra um Tom Hansen (Joseph Gordon Levitt) como um sonhador em busca de encontrar a mulher de seus sonhos (resultado de muitos filmes românticos e música pop) que no caso é a nova assistente de seu chefe, Summer Finn (aquela gracinha deliciosa da Zooey Deschanel). A diferença do filme está na maneira como ele é levado, e o fato que me levou a odiar Summer, mesmo sabendo que ela não tinha culpa alguma, e estava realmente certa quando falava que a “vida” simplesmente acontece, e por isso relacionamentos encontram seu fim. Preferia mudar um pequeno detalhezinho no final, mas o filme é maravilhoso mesmo assim (e nunca vi a Zooey tão linda… bitch!). Confiram essa sexta e depois eu comento mais a fundo, com spoilers e tudo!

Quote preferida: “It’s these greeting cards, sir. These cards, these movies, these pop songs. They’re responsible for all the lies, the heartache, everything! We’re responsible!” (Tom)

I’m a little bit Tom Hanses all the way…

3 respostas a Top 5 – Comédias românticas

  1. ftostes diz:

    5- O heath já era fofinho, né? E eu gosto desse filme, bem cute cute, embora não seja a melhor adaptação de Shakespeare que eu tenha visto. rsrs

    4- Afinado no amor é ótimo. A drew perigou entrar no meu com 500 first dates, mas me recusei a estragar minha lista com um Adam Sandler e aquele amigo dele escroto. Também considerei Nunca fui Beijada, que é foooofo. Tantos que não entraram, né?

    3- Só você pra colocar um filme francês que ninguém viu num top tão easy going que nem esse. =P

    2- Clap Clap por conseguir colocar um filme lés. Eu particularmente achei bobiiiiiiiinho, tipo Imagine me and you. Mas é fofo, eu gosto.

    1- Só você pra colocar um filme que ainda nem estreou num top tão easy going que nem esse. =P

  2. Ai desculpa, eu não sou easy going com comédias românticas! rs
    Foi realmente um tema muito difícil pra mim😛
    E eu tb adorei Nunca fui beijada. Morro de amores pelo Michael Vartan… diliça

  3. jackie diz:

    colocar pelo menos um filme lesbico? de vc n esperava outra coisa. mas esperava mais. rs

    e 500 dias COM ela foi lindo! amei top 1 do ano!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: