Adendo: Atuações da década (brasuca)

Como a Carol mencionou nos comentários do post anterior, eu realmente me esqueci do adendo nacional, rs. Essa é a merda de começar a escrever um post ao meio dia e terminar quase as 19h… Você realmente esquece que no primeiro parágrafo mencionou que faria um bônus nacional e manteria o clima “Brasil, é nóis”. Porque o Brasil tem atores incríveis, e se tudo caminhar bem pro cinema nacional, isso só tende a melhorar, formando atores de cinema. Não atores de telenovela que conseguem fazer cinema. Não atores de teatro que se adaptaram as câmeras. Mas realmente atores de cinema.

Mas anyway, vamos a minha atuação feminina preferida da década que se foi. Alguém conseguiu adivinhar? O Fil tentou… E menosprezou meus conhecimentos e gosto cinéfilo com o batido “Fernanda Montenegro?”. E não, não foi a Fernanda, embora ela seja uma grande e virtuosa atriz, mas sim uma “desconhecida” (até esse filme, depois ela fez uma minisérie na Globo e ganhou um pouco mais de prestígio e reconhecimento), que junto ao diretor Karim Ainouz fez um dos meus filmes nacionais preferidos:

Bônus: Hermila Guedes (O céu de Suely, 2006)


Esse foi um filme que me emocionou muito, e realmente me faz ter orgulho do cinema nacional. Na verdade o Karim é um dos grandes diretores da atualidade, muito bem escolado em NY pelo gênio Todd Haynes (foi assistente de direção dele no maravilhoso filme Poison) e mostrou que consegue tirar atuações brilhantes de atores deconhecidos, como fez com Lázaro Ramos em Madame Satã e com Hermila Guedes em O ceu de Suely. E que atuação foi essa da Hermila, tão cheia de pequenos detalhes que é simplesmente fascinante. Uma pena que depois disso ela tenha sumido, e feito mais tv. Infelizmente não temos uma produção de cinema, uma indústria, capaz de absorver uma atriz de tamanho talento. Mas taí registrado, seu trabalho ao lado de Karim, como uma das maiores atuações nacionais e internacionais que já vi.

E é isso ai. O bônus esquecido, o adendo ao top 5 da semana. Até a próxima!

4 respostas a Adendo: Atuações da década (brasuca)

  1. Dennis de Paris diz:

    S2 amo

    mas preferia ceu d suely quando tinha george michael na trilha sonora

  2. ftostes diz:

    Realmente me surpreendi. Acho que eu olhei muito a carreira da pessoa na década. A Fernanda podia até ser cliché, mas O Auto da Compadecida, Redentor, Casa de Areia, e principalmente, O outro lado da rua, são fodas demais, e ela arrebenta.

  3. carol patriarca diz:

    amo(!)o céu de suely. feliz que vc n escolheu o óbvio – apesar da Fernanda ser foda. p.s.: adorei ser citada no post! Minhas amigas tbm lêem o blog e fizeram a maior gozação, mas tô, ó, nem aí! rsss

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: