Top 5 – Momentos musicais da 1ª temporada de Glee

Taí um top 5 que poderia ter sido um top 10 e eu ainda ia estar me rasgando toda por não conseguir me decidir. To inclusive pensando em mudar meu quinto lugar enquanto escrevo isso aqui. E é foda, porque eu estou contando com o Fil pra me “completar”mas to com medo dele deixar de fora uma música que TINHA que estar aqui, mas não está porque estou depositando toda minha confiança nele. Pra dar uma dica de qual é a música, trata-se de uma disputa entre Rachel e Kurt pra ver quem fica com o solo… Mas anyway, esse post está aqui pra celebrar o final da primeira temporada de uma das séries mais divertidas dos últimos tempos, sem contar que ela trouxe o gênero musical pra televisão, o que é basicamente inexistente. Não consigo me lembrar de nenhum outro seriado musical, conseguem? E o melhor, os atores – em sua maioria – são realmente talentosos e conseguem dar novo fôlego que ha muito não tínhamos saco de ouvir, ou nem sequer conhecíamos! Então vamos rever os melhores momentos musicais, enquanto a próxima temporada não vem.

5. The Girls – Halo/ Walking on Sunshine (Episódio 6: Vitamin D)

O melhor mash-up de Glee.

Eu fiquei muito na dúvida do meu quinto lugar, mas achei que seria justo colocar pelo menos um mash-up no meu top, já que eles povoaram a série e alguns foram realmente muito bons e criativos. Sem contar que esse episódio é realmente muito bom e twisted com a Teri oferencendo drogas basicamente pra garotada conseguir ficar pilhada e dar o seu melhor na guerra meninos vs. meninas, com o melhor mash-up. Os meninos mandaram bem com It’s my life/ Confessions Pt II, mas as meninas vieram em seguida e destruiram qualquer possibilidade deles serem lembrados como a melhor coisa do episódio com a mistura Halo/ Walking on Sunshine, e foi incrível. Uma das músicas que mais me animaram pra levantar e dançar na festa do Fil, e o discurso da Rachel logo antes da música começar, do porque elas tinham escolhido essas músicas, foi simplesmente hilário. Se ela já é frenética normalmente, imagina depois de uma dose de Vitamin D? rs

4. Rachel/ Jesse/ Will/ Emma/ Finn/ Santana – Like a Virgin (Episódio 15: The Power of Madonna)

Montagem roubada do AfterElton!😉

Esse foi certamente um dos melhores episódios e provavelmente o melhor da segunda metade dessa temporada. Madonna deve ter ficado orgulhosa com o trabalho final, e muito feliz por estar um pouco mais rica (o episódio foi lançado junto com seu novo cd/dvd da turnê, e seu best of passou a vender 200 mil cópias por semana). A rainha do marketing fez um bom negócio, e o resultado foi um episódio delicioso, com direito a medley (Borderline/Open Your Heart), reencenação de clipe (Sue Silvester em Vogue) e coral no final do episódio. Mas de todo o episódio meu momento preferido foi com Like a Virgin. Três casais enfrentavam a “primeira vez” de uma maneira divertida, sexy, e musicada. E o resultado final foi – ainda que previsível – engraçado. Sei que revi a cena algumas vezes, realmente muito bem bolada. Me likes it!

3. April Rhodes – Home (Episódio 16: Home)

A atual diva nº1, Kristin Chenoweth.

Já falei aqui antes que não achei essa episódio grandes coisas. Ele foi ao ar logo depois do tributo à Madonna, então não caiu muito bem, mas em compensação ele tinha uma carta na manga pra me fazer amar as músicas: Kristin Chenoweth reprisando seu papel de April Rhodes. Eu ia escolher pra esse top ela cantando Maybe This Time, mas algo me diz que meu wicked twin vai fazer isso também, então aproveitei pra colocar aqui uma das duas músicas que eu mais tenho ouvido – do universo Glee – nos últimos tempos: One less bell to answer/ A house is not a home (apareceu no post anterior) e Home, que escolhi pra ficar com a medalha de bronze. Até porque ela é visualmente e musicalmente perfeita! Kristin no centro do palco, com o spotlight todo pra ela, colocando os meninos de Glee onde eles devem ficar quando ela está por perto: no coral ao fundo! Certamente uma grande homenagem a diva “La Cheno”. Quero mais April nas próximas temporadas de Glee! Fica a dica, Ryan Murphy.

2. Rachel – Don’t Rain on My Parade (Episódio 13: Sectionals)

Don't Rain On My Parade (do musical Funny Girl)

Glee possui uma grande estrela, uma diva, e o nome dela é Rachel Berry (Lea Michele). Não importa que a Mercedes consiga atingir as notas de And I am telling you I’m not going, nada barra a voz e o talento de Rachel. Só ela consegue chegar junto dos grandes nomes como Kristin Chenoweth e Idina Menzel sem deixar nada a dever. E sua versão de Don’t Rain on My Parede veio pra tirar qualquer dúvida – se é que alguém ainda tinha – de que essa menina vai longe. E se alguém ainda vier com o papo de “autotune” é só procurar as versões ao vivo no Youtube. Será que a diva-mor (aka Barbra Streisand) viu? Porque é uma música realmente muito difícil, e é preciso muito mais que um narigão pra dar conta… E ai está: Rachel Berry! O momento foi tão arrepiante que os grandes “finales” You can’t always get what you want e My life would suck without you ficaram basicamente apagados. A glória era toda dela, e só não ficou com o ouro desse top porque eu tenho um carinho todo especial pela  música medalha de ouro.

1. Rachel/ Finn/ Kurt/ Mercedes/ Tina/ Artie – Don’t Stop Believing (Episódio Piloto)

A primeira vez a gente nunca esquece, rs.

Essa música já fazia parte do meu repertório musical porque meu pai adora Journey, mas depois do episódio final de Família Sopranos, ela ganhou uma nova referência, meio macabra até, e foi preciso Glee para mudar essa história e me fazer cantorolar feliz por ai Don’t Stop Believing enquanto faço air guitar e air drums (I am THAT good! rs). Sei que o Mr Shue deu nota 9 e falou que eles precisavam de um 10, e acho que eles conseguiram isso no episódio final da série, que foi uma grande homenagem a ex-banda de Steve Perry, mas pra mim a escolha da versão era óbvia. Até porque foi exatamente a versão que eles fizeram dessa música que me puxou pra Glee. Eu via o teaser na FOX onde nada acontecia, só se ouviam os “Da da da da. Da da da da…” e era realmente empolgante e intrigante. Eu ficava imaginando o que seria essa série, e onde a música se encaixava… E ao assistir o episódio piloto, foi de arrepiar quando eles finalmente começaram a cantar esse clássico do Pop/Rock. Naquele momento eu *sabia* que eu me tornaria uma gleek!

[abaixo o clipe – for real!!]

From the top!

3 respostas a Top 5 – Momentos musicais da 1ª temporada de Glee

  1. ftostes diz:

    Olha, eu JURO que não vi seu post antes, e que escrevi o meu contando qe você colocaria Like a Virgin e Dont Stop Believing. Agora, você colocar a da April exatamente a que eu não coloquei (sendo que eu coloquei duas!), foi brilhante. Kristin rulez mesmo. Tava com saudades dos nossos posts com mesmo tema, ficar pensando no que será que você vai colocar, será que eu coloco também, e tal. Uma delícia, né? Saudades de vc, babe. Muitas mesmo. Keep Glee on your car. And I will always come back.

  2. Marcela diz:

    Olha, eu gostei da versão de Glee, mas como sopranomaníaca que sou, não consigo desvincular Don’t Stop Believin’ de um dos momentos mais tristes da minha vida de telespectadora: o fim da melhor série ever… Sei lá, Tony Soprano ficou marcado na minha memória mesmo.

  3. Pow como assim
    Kde Defying gravity melhor musica faltou essa!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: