Crítica – Salt (2010)

Muitas vezes eu e meu Wicked Twin discordamos quanto a um filme ou assunto, e quando isso acontece é até um pouco estranho, do tipo “Como assim?”, mas o fato é que acontece. E como eu assisti ontem o mesmo filme que meu irmãozinho malvado malhou no post abaixo achei que seria válido fazer uma ressalva e destacar o porque acho que o filme não é esse fiasco todo que ele pensa. Concordo que o roteiro tem muitos problemas, mas sinceramente, eu não sou fã de filmes de ação, e pra mim, todos são meio nonsense e você tem que abstrair pra conseguir se divertir. Por isso acho muito equivocada toda a comparação a trilogia Bourne, porque essa sim fez sucesso além por não ser só mais um filme de ação, mas ser um filme inteligente e coeso.

Primeiramente eu acho que se quer gostar do filme, não pode se levar nada muito a sério. E sim, ela pula em caminhões em movimento, mas then again, quem não pula nesses filmes de ação? Acho muito pior a cena do elevador, onde ela vai saltando que nem a Cheetara dos Thundercats! E não ter manchas na testa pós pintar o cabelo de preto, bem, thank god for that! Ia ser realmente muito feio Angelina lindíssima (ficou com uma carinha de Xena com aquele cabelão preto liso com franjinhas… ai ai, suspirei) com a testa cheia de manchas de quem pintou a cabeleira na noite anterior.

Mas sim, concordo com o Fil, o filme tem muitos defeitos, principalmente no roteiro. Eles querem ser tão mirabolantes, querendo provocar viradas na história e surpresas, que acabam deixando vários furos e se perdendo. É a mania de surpreender a cada momento, fazendo o espectador suspirar “wow”, mas nesse filme acaba ficando uma coisa meio previsível ou completamente desnecessária. Então dá pra entender porque meu parceiro de blog ficou irritado, mas pra mim, mais do que ver minha musa na telona, é abstrair filmes como esse, ou próprio Wanted, que não acho ruim não (e não estou sendo parcial porque adoro a Angie, o filme tem 74% dos Top Critics do Rotten Tomatoes). São pra passar o tempo, como uma comédia romântica boba. Não são meus gêneros preferidos do cinema, então costumo relevar coisas próprias desses tipos de filmes para poder aproveitar a rara experiência de assisti-los.

Em Salt, o ponto forte é sua protagonista, e mais do que isso, a atriz que lhe dá vida. Angelina está realmente se firmando como uma atriz convincente de ação, e isso é sensacional. Porque realmente é muito raro e acho que o Fil mencionou todas as que tiveram relevância no post dele, e você pode contá-las nos dedos de uma mão só. Então porque não deixar Angelina brilhar pulando em carros em movimento e ir achando seu lugar com os grandes astros de filme de ação? Contando que ela continue a tentar trabalhos mais dignos de seu Oscar como os mais recentes A Troca (Changeling) e O Preço da Coragem (A Mighty Heart) is fine by me.

Então eu daria um nota um pouco melhor pro filme. Ainda que a cena do “Go get them” tenha me feito rir sozinha, em alto e bom som, no meio do cinema, consegui me divertir e por isso cheguei a seguinte conclusão:

Nota – 6,0.

Agora, que A Origem (Inception) deve ser mil vezes melhor, não tenho dúvidas. E também não entendo a comparação. Pra mim os filmes não estão nem dentro do mesmo gênero… Deve ser inteligente, com um roteiro brilhante, elenco foda, etc etc etc.

13 respostas a Crítica – Salt (2010)

  1. ftostes diz:

    Vc é tãaaaaao parcial quando se trata de Angelina. Sua Jolie-lover. Mas não comparei os dois não. No feici eu só disse que depois de ficar pensando e escrevendo sobre um filme ruim (e isso tem acontecido tanto nesses ultimos 2 meses), é um refresco assistir filme bom, e ainda assim pipoca.

    • Sim sim, não to dizendo que vc comparou os dois não, mas saiu hoje no Rio Show falando dos dois numa “mesma categoria” e tem muita gente “comparando”.

      E eu❤ a Angie mas ela fez mta merda. Eu odeio Tomb Raider (1 e 2), Gone in 60 Seconds, Original Sin, e outros. rs Sou tãão parcial assim tb não!😛

  2. Julie diz:

    Amorees… posso me dar ao luxo de ler e comentar o post de ambos quando eu ver Salt? Sempre tem spoiler nas críticas de vocês! Hahahahaha!🙂

    beijossssss

  3. Julie diz:

    P.s.: Eu adorei Gone in 60 seconds… Odiei “Sr e Sra Smith” (sim, eu fui a única pessoa que dormiu no meio do filme…)

  4. Wagner diz:

    Eu achei absolutamente dialética esta ideia de posts diferentes sobre um mesmo assuntos e discutidos por cabeças diferentes! Voltarei sempre aki! Abraços!
    ps.> Não vi Salt, ainda!

  5. Sonia Machado diz:

    Genteeeeeeee, acabei de sair do cinema…caramba..cinema é para a gente se divertir, dar risada, se emocionar, se assustar, se encantar, pensar….cada coisa a seu tempo, dentro da proposta do filme! Salt é fantástico dentro da sua proposta, Angelina Jolie está perfeita e como diz nosso “italiano Totó” da novela das oito “punto e basta”!!!!!!!!!

  6. ftostes diz:

    And I rest my case…

  7. fernanda diz:

    a minha dúvida crucial… como ela pagou o táxi? ela estava sem bolsa, sem sapatos e depois aparece entrando no ap.
    Teria Salt mostrado os seios? rsrss

    brincadeirinha people, bom post!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: