Broadway – Dia 03 e 04 – The Curious Incident of the Dog in the Night-Time

Tudo estava certo para na segunda feira assistir a “O Fantasma da Ópera”, o programa mais típico de turista que não sabe o que assistir na Broadway. Mas eu queria ver por dois motivos: 1- Era aniversário de 27 anos no Fantasma da Broadway, e achei que isso poderia ser interessante e 2- Eu queria ver o Norm Lewis como Fantasma. Acho ele fantástico, desde que o vi em Porgy and Bess, e depois no DVD do Les Mis de 25 anos. Estava eu com ingresso na mão e todo feliz quando a nevasca chegou. Cancelaram TODOS os três shows da Broadway que funcionariam na segunda (é o que eles chamam de Dark Day pra maioria das peças) e avisaram que talvez cancelassem também os de terça. Deram toque de recolher, e avisaram que qualquer carro na rua seria multado. Todos preparados pra pior nevasca da história de NY! Mas que acabou sendo apenas uma nevasca normal. No dia seguinte, tudo branquinho, frio e molhado, mas nada preocupante, e com isso perdi meu Fantasma, por enquanto.

Com isso, na terça fui assistir “The Curious Incident of the Dog in the Night-Time”, uma peça que eu conhecia de nome por ter o maior número de vitórias no Olivier Awards, do West End. Soube que teve uma montagem no Brasil, mas alguns amigos falaram que era vergonhoso de tão ruim, e acabei não assistindo. Então não posso julgar nem a britânica, nem a brasileira, só a americana que vi aqui. E tenho que dizer, é fenomenal.

The_Curious_Incident_of_the_Dog_in_the_Night-Time_(play)

Consegui os ingressos, pra variar, via ticket rush. Bastou chegar lá e pedir, sem grandes concorrências. A nevasca fez com que o pessoal ficasse com medo das filas. Mas ainda fiz amizade, e me contaram que aparentemente essa peça é baseada num livro muito popular por aqui, mas que eu nunca tinha ouvido falar, de um autor chamado Mark Haddon. Conta a história de um menino com uma espécie de autismo, que certa noite encontra o cachorro da vizinha morto, assassinado com um garço de jardinagem, e decide investigar pra descobrir o assassino. Parece simples, mas é bem longe disso, e a investigação entre as pessoas da vizinhança e com o seu pai vai desvendando a trama, e conforme conhecemos os personagens, mais vamos entendendo as relações entre eles, sempre pelos ponto de vista de Christopher, o menino autista.

Embora o texto seja excelente, o que mais chama atenção é a própria montagem, que com um cenário interessantíssimo, iluminação, efeitos, projeções e tudo o que se é possível, se desdobra pra tentar passar pro expectador a sensação que deve ser pro jovem autista ter que passar pelos acontecimentos, como andar de metrô, andar numa cidade grande, falar com estranhos, fazer uma prova, assimilar sentimentos, e boy, do they get it right! Nunca ofuscando, sempre acompanhando o texto, do jeito que o bom teatro pede.

O elenco também foi sensacional. Alex Sharp interpreta Chistopher, em seu primeiro papel profissional (embora ele tenha estudado em Juliard, segundo a Playbill), e com que segurança ele segura um personagem tão difícil. Pode não parecer pelo que eu tô escrevendo, mas é uma peça enérgica, tem um desgaste físico bem grande, além de todo o processo complexo que é pra qualquer ator de entrar na cabeça de um jovem com autismo. E ele consegue brilhantemente, daquelas que a gente esquece o ator, esquece a peça, se envolve. Eu prestaria atenção nele, acho que ele tem boas chances no Tony desse ano. O Ian Barford, que faz o pai, também é muito bom, assim como a Francesca Faridany, que faz a professora.

Eu e o Alex Sharp. Leva logo o Tony!

Eu e o Alex Sharp. Leva logo o Tony!

É uma produção incrível, vale muito a pena pra quem estiver por aqui. Não é arroz com feijão, como o The Elephant Man, mas também não é super cabeça, é gostosa, é comovente. Daquelas que quando acaba dá vontade de abraçar o elenco e agradecer por aquelas últimas horas. Das melhores peças que já vi em NY.

Nota: 9,5

Uma resposta a Broadway – Dia 03 e 04 – The Curious Incident of the Dog in the Night-Time

  1. excellent issues altogether, you just received a new reader. What could you suggest about your post that you just made some days ago? Any sure?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: